• Marcos Carvalho

O que é Planejamento e Análise Financeira (FP&A)?

Atualizado: Mai 31






As equipes de Planejamento e Análise Financeira (FP&A) desempenham um papel crucial nas empresas, realizando orçamentos, previsões e análises que apoiam as principais decisões corporativas do CFO, CEO e Conselho de Administração.


Pouquíssimas empresas podem ser consistentemente lucrativas e crescer sem um planejamento financeiro cuidadoso e gerenciamento de fluxo de caixa. O trabalho de gerenciar o fluxo de caixa de uma empresa geralmente recai sobre sua equipe de FP&A e seu Diretor Financeiro (CFO).




Os profissionais de planejamento financeiro corporativo e analistas financeiros utilizam a análise quantitativa e qualitativa de todos os aspectos operacionais de uma empresa, a fim de avaliar o progresso da empresa em direção à realização de seus objetivos e traçar metas e planos futuros. Os analistas de FP&A consideram as tendências econômicas e de negócios, revisam o desempenho passado da empresa e tentam antecipar obstáculos e possíveis problemas, tudo com o objetivo de prever os resultados financeiros do negócio.


Os profissionais de FP&A supervisionam uma ampla gama de assuntos financeiros, incluindo receitas, despesas, impostos, despesas de capital, investimentos e demonstrações financeiras. Ao contrário dos contadores encarregados da manutenção de registros, os analistas financeiros são encarregados de examinar, analisar e avaliar a totalidade das atividades financeiras de uma corporação e mapear o futuro financeiro da empresa.


As 10 principais funções dos FP&A nas corporações:


Aqui está uma breve lista das 10 principais responsabilidades que estão nos ombros de um profissional de planejamento e análise financeira:


  1. Avaliar se os ativos e investimentos atuais da empresa são o melhor uso do excesso de capital de giro da empresa, observando o retorno do investimento (ROI) e comparações com outras maneiras pelas quais a empresa pode utilizar seu fluxo de caixa (por exemplo, outros possíveis investimentos, aumento de dividendos em ações, etc.)

  2. Medir a saúde financeira geral da empresa, principalmente usando índices financeiros essenciais, como a relação dívida / patrimônio, índice atual e índice de cobertura de juros

  3. Determinar quais produtos ou linhas de produtos da empresa geram a maior parte de seu lucro líquido

  4. Identificar quais produtos tem a maior margem de lucro (e quais tem a menor) – Essa é uma consulta separada da listada acima, pois os produtos que possuem a maior margem de lucro podem não ser necessariamente os que geram a maior quantidade total lucro – Um exemplo simples: o produto A pode ter uma margem de lucro maior que o produto B, mas a empresa pode vender substancialmente mais unidades do produto B

  5. Examinar e avaliar a relação custo-benefício de cada departamento da empresa, considerando a porcentagem de recursos financeiros da empresa que cada departamento consome

  6. Trabalhar com departamentos individuais para preparar orçamentos e consolidá-los em um orçamento corporativo geral

  7. Preparar relatórios internos para liderança executiva e apoiar a tomada de decisões

  8. Criar, atualizar e fazer a manutenção de modelos financeiros e previsões detalhadas das operações futuras da empresa

  9. Comparar resultados históricos com orçamentos e previsões e análise de variação para explicar as diferenças de desempenho e fazer melhorias no futuro

  10. Considerar oportunidades para a empresa expandir ou crescer. Mapeamento de planos de crescimento, incluindo dispêndios de capital e investimentos. Gerar previsões financeiras de três a cinco anos.


No final, espera-se que os analistas financeiros da empresa forneçam à alta gerência análises e conselhos sobre como utilizar os recursos financeiros da empresa com mais eficiência para aumentar a lucratividade e aumentar a empresa a uma taxa ideal, evitando colocar a empresa em sério risco financeiro.


Como determinar se o trabalho de FP&A é adequado para você


Bons analistas financeiros são indivíduos capazes de lidar e analisar de forma inteligente com diferentes tipos de dados e métricas de avaliação de dados.

Analistas financeiros são bons solucionadores de problemas. Eles são capazes de decifrar as várias peças do quebra-cabeça que constituem as finanças da empresa e imaginar as peças juntas para formular uma variedade de possíveis cenários de crescimento.


Se você simplesmente não gosta de matemática ou trabalha com planilhas de Excel, convém considerar uma opção de carreira alternativa. Mas se você é um solucionador de problemas criativo, com um talento natural para análise financeira, modelagem e previsão, tornar-se um analista financeiro corporativo pode ser a opção de carreira perfeita para você.


Renda e salário em potencial para profissionais de FP&A


As pessoas que se destacam no trabalho de analisar finanças corporativas e identificar com precisão quais movimentos financeiros uma empresa deve fazer para obter o sucesso ideal em um mercado em constante mudança são bem remuneradas por suas habilidades.


Os analistas juniores iniciantes comandam salários mensais no valor de R$ 5 mil. Os analistas seniores podem ver um salário de até R$ 8 mil, geralmente combinado com bônus em potencial de 10 a 15%. Um gerente ou diretor de planejamento e análise financeira e o Diretor Financeiro (CFO) de uma grande empresa multinacional normalmente arrecadam algo entre cinco e seis dígitos de salário, complementado com bônus de desempenho consideráveis.

A remuneração no campo da análise financeira varia substancialmente entre diferentes setores e empresas. Obviamente, empresas maiores com lucros maiores podem pagar mais do que uma empresa menor cujo lucro líquido total pode nem chegar a seis dígitos.


Os bônus geralmente dependem muito dos lucros da empresa e / ou da habilidade do analista em fazer previsões financeiras precisas. (Obviamente, isso pode levar a problemas se um analista criar estratégias de crescimento excessivamente conservadoras, projetadas principalmente para garantir que as metas de lucro sejam apenas atingidas e não maximizadas.)

Estima-se que as vagas de trabalho em finanças corporativas deverão ter um crescimento anual acima de 20% até meados da década de 2020.


Habilidades de Tomada de Decisão e Aprendizado


Os profissionais de planejamento e análise financeira das empresas são um grupo que tem de ser capaz de ler e compreender verdadeiramente as demonstrações financeiras de uma empresa – balanços, demonstrações de fluxo de caixa, declarações de renda, e, no caso das empresas públicas, declarações de patrimônio líquido.


Um bom analista não apenas entende o significado e as implicações de cada demonstração financeira individual, mas também vê o quadro geral de como a posição financeira total de uma empresa é refletida pela combinação de ativos, passivos, fluxo de caixa e receita.


O departamento de análise financeira de uma empresa precisa ter uma compreensão igual, se não melhor, dos lançamentos contábeis e das declarações de reconciliação financeira do que o departamento contábil. Os analistas precisam entender os aspectos inter-relacionados de débitos e créditos e poder calcular e avaliar índices financeiros chave para determinar onde a empresa está financeiramente e qual a melhor maneira de avançar a partir daí.


Em: https://corporatefinanceinstitute.com/resources/careers/jobs/financial-planning-and-analysis-fpa/

22 visualizações
logoLeverpro.png
CADASTRE-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco