• Marcos Carvalho

Dez dicas importantes para a gestão do seu Fluxo de Caixa durante a COVID-19 para pequenas empresas

Atualizado: Jun 23



Em momentos de crise como o que vivemos, é mais importante do que nunca entender e gerenciar o fluxo de caixa da sua empresa. Isso inclui a preparação de uma projeção detalhada a curto prazo.


1- SUSPENSÕES DE PAGAMENTOS DE EMPRÉSTIMO (CAPITAL)


Converse com seu gerente no banco e outros credores dos quais você pegou dinheiro emprestado para negociar um adiamento no pagamento das parcelas. Isso terá um impacto positivo no seu caixa, ganhando tempo para que suas contas se equilibrem.


Não esqueça que isso também pode ser aplicável a dívidas com empresas de leasing.


2- PRORROGAÇÃO NO PAGAMENTO DE IMPOSTOS


Segundo um recente relatório da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), que reúne dados do BNDES, Banco do Brasil e outras 30 instituições financeiras, 20 das 27 unidades da federação suspenderam ou prorrogaram o pagamento dos seguintes impostos, com incidência em Abril e Maio:


· Programa de Integração Social (PIS);

· Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público (PASEP);

· Contribuição para o Financiamento de Seguridade Social (Cofins)

· Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

As contribuições foram postergadas para os meses de Agosto e Outubro de 2020.


3- SUPORTE PARA PRESERVAÇÃO DOS EMPREGOS


Em 01/04 foram publicadas as Medidas Provisórias nº 935 e 936 que garantem a complementação de salários para os trabalhadores que terão suas cargas horárias e remunerações reduzidas por até três meses. Dessa forma, as MPs instituem o benefício emergencial de preservação do emprego e da renda que tomará como base o valor mensal do seguro-desemprego que trabalhadores teriam direito caso fossem demitidos.


4- REDUÇÃO DE CUSTOS E DESPESAS


Considere quais despesas administrativas podem ser adiadas, reduzidas ou evitadas.


A idéia é gastar menos, mesmo que com pequenas medidas como redução na utilização de papel, fotocópias e impressões, gastos com telefone e internet, até mesmo com o estoque, por um planejamento pouco eficiente.


5- GERENCIAMENTO DE CUSTOS COM FUNCIONÁRIOS


As decisões mais difíceis que as empresas enfrentam são em relação à retenção de funcionários, na medida em que os níveis de negócios diminuem como resultado direto do impacto do Coronavírus.


Depois de anunciar que vai autorizar redução de até 50% em salários e jornadas de trabalhadores, o governo se prepara para liberar um corte ainda maior para setores atingidos mais severamente pela pandemia do novo coronavírus. A redução poderá chegar a aproximadamente 67%, tendo a duração de até 90 dias segundo o art. 7º da Medida Provisória 936.


6- CONTE APENAS COM O DINHEIRO EM CAIXA Sua empresa pode ter um valor a receber amanhã, mas se ela tem que pagar uma conta hoje, de igual valor, o que realmente importa é o que tem em caixa hoje! Não se pode contar com o dinheiro que ainda está para entrar, por isso sempre planeje levando em conta o que de fato você em caixa.


7- COBRANÇA DO DEVEDOR


Aloque tempo e recursos para coletar dinheiro dos devedores o mais rápido possível. Em tempos de crise encher o caixa é fundamental.


8- VENDAS ATUAIS E FUTURAS

Considere se as vendas parceladas serão pagar ou se os valores deverão ser cobertos por outras fontes, considerando o ambiente econômico atual.

Revise as ordens de venda existentes e identifique aquelas que você pode converter em dinheiro no período de tempo mais rápido e as que são mais rentáveis ​​e as priorize.


Considere quanta receita potencial há em sua carteira de pedidos atual, quais novos trabalhos podem surgir e quanto tempo levará antes que ela se esgote.

Considere a capacidade de sua equipe e cadeia de suprimentos de fornecer bens e serviços em tempo hábil para ajudá-lo a atender aos pedidos de seus clientes, mantendo um controle ainda mais cuidadoso com o excesso de estoque.

Considere quais responsabilidades contratuais podem surgir por violações contratuais em que você não pode cumprir o que acordou com os clientes. Você pode renegociar cláusulas com os clientes, dadas as circunstâncias excepcionais?


9- OUTRAS FONTES DE RECURSOS - INJEÇÃO DE CAPITAL DOS PROPRIETÁRIOS E OUTRAS INICIATIVAS GOVERNAMENTAIS


Considere e reveja quais outras iniciativas do governo podem ajudá-lo e se os proprietários podem se dar ao luxo de investir capital para ajudar os negócios a curto prazo.


10- PRIORIZANDO PAGAMENTOS DE FORNECEDORES


Considerar priorizar os pagamentos a fornecedores é uma questão que precisa de reflexão e não pode ser ignorada. Deixamos isso para a Etapa 10 de nossa proposta, pois acreditamos nesses tempos difíceis que é importante ser justo e preservar boas relações com nossos colegas de negócios. Estamos todos no mesmo barco e simplesmente não é correto repassar problemas que sabemos que causarão dificuldades onde podemos evitá-las. Para nós, trata-se de ser justo e usar essa medida como último recurso absoluto.


Entendemos que, à medida que a situação continua evoluindo, todas as empresas precisarão se adaptar e, em primeiro lugar, recomendamos vivamente que todas as pequenas e médias empresas deem um passo para trás para ver como sua empresa será afetada nesse clima atual e para falar com seus bancos para entender todas as opções disponíveis.

23 visualizações
logoLeverpro.png
CADASTRE-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco