• Marcos Carvalho

Aprenda a analisar o seu fluxo de caixa da maneira mais eficaz

Atualizado: Jun 23





Se você acredita no velho ditado, "é preciso ter dinheiro para ganhar dinheiro", então você pode entender a essência do fluxo de caixa e o que isso significa para uma empresa. A demonstração do fluxo de caixa revela como uma empresa gasta seu dinheiro (saídas de caixa) e de onde vem o dinheiro (entradas de caixa). Sabemos que a lucratividade de uma empresa, como mostra seu lucro líquido, é um importante critério para atrair investimentos. Seria bom poder pensar nesse valor de receita líquida como uma maneira rápida e fácil de avaliar o desempenho geral de uma empresa. No entanto, embora a contabilidade de competência forneça uma base para combinar receitas e despesas, esse sistema não reflete realmente o valor que a empresa recebeu dos lucros ilustrados neste sistema. Essa pode ser uma distinção vital. Neste artigo vamos explicar o que o fluxo de caixa pode te mostrar e onde encontrar as mais importantes informações que ele fornece.


Diferença entre ganhos e dinheiro

Em um artigo de agosto de 1995 na Individual Investor, Jonathan Moreland fornece uma avaliação muito sucinta da diferença entre ganhos e caixa. Ele diz que "pelo menos tão importante quanto a lucratividade de uma empresa é sua liquidez - esteja ou não recebendo dinheiro suficiente para cumprir suas obrigações. As empresas, afinal, vão à falência porque não podem pagar suas contas, não porque não são lucrativas. Agora, esse é um ponto óbvio. Mesmo assim, muitos investidores o ignoram rotineiramente. Como? Observando apenas a demonstração de resultados de uma empresa e não a demonstração do fluxo de caixa ".


Demonstração do fluxo de caixa


O fluxo de caixa possui três seções distintas, cada uma delas relacionada a um componente específico - operações, investimentos e financiamento - das atividades de negócios de uma empresa. Para o investidor menos experiente, a compreensão de uma demonstração dos fluxos de caixa é facilitada pelo uso de legendas de conta literalmente descritivas e pela padronização dos formatos de terminologia e apresentação usados ​​por todas as empresas.


Fluxo de Caixa das Operações


Essa é a principal fonte de geração de caixa de uma empresa. É o dinheiro que a empresa produz internamente, em oposição aos fundos provenientes de atividades externas de investimento e financiamento. Nesta seção da demonstração do fluxo de caixa, o lucro líquido (demonstração do resultado) é ajustado pelos encargos não monetários e pelos aumentos e diminuições nos itens de capital de giro - ativos e passivos operacionais na posição atual do balanço.


Fluxo de Caixa dos Investimentos


Na maioria das vezes, as transações de investimento geram saídas de caixa, como gastos de capital em instalações, imobilizado, aquisições de negócios e compra de títulos de investimento. As entradas correspondem a venda de ativos, negócios e títulos de investimento. Para os investidores, o item mais importante nessa categoria são as despesas de capital. Geralmente, supõe-se que o uso desse dinheiro seja uma necessidade básica para garantir os acréscimos aos ativos físicos de uma empresa para apoiar sua operação e mantê-la competitiva.


Fluxo de Caixa dos Financiamentos


As transações de dívidas e patrimônio dominam essa categoria. As empresas tomam empréstimos continuamente e pagam dívidas. A emissão de ações é muito menos frequente. Aqui, novamente, para os investidores, principalmente os de renda, o item mais importante são os dividendos pagos. Afinal, é com caixa, e não com lucros que se paga dividendos aos acionistas.


Uma abordagem simplificada para análise de fluxo de caixa


O fluxo de caixa de uma empresa pode ser definido como o número que aparece na demonstração do fluxo de caixa como caixa líquido obtido nas atividades operacionais, ou "fluxo de caixa operacional líquido". No entanto, não existe uma definição universalmente aceita. Por exemplo, muitos profissionais financeiros consideram o fluxo de caixa de uma empresa a soma de sua receita líquida e depreciação (uma cobrança não monetária na demonstração de resultados). Embora muitas vezes chegue perto do fluxo de caixa operacional líquido, a abordagem desse profissional pode estar errada e os investidores devem ficar com o número do fluxo de caixa operacional líquido.

Embora a análise do fluxo de caixa possa incluir vários índices, os seguintes indicadores fornecem um ponto de partida para um investidor medir a qualidade do investimento do fluxo de caixa de uma empresa.


Fluxo de Caixa Operacional / Vendas Líquidas


Essa proporção, que é expressa como uma porcentagem do fluxo de caixa operacional líquido de uma empresa em relação às suas vendas líquidas, ou receita (da demonstração de resultados), indica quantos reais recebemos por cada real em vendas.


Não existe uma porcentagem exata para procurar, mas obviamente, quanto maior a porcentagem, melhor. Também deve ser observado que os índices da indústria e da empresa variarão amplamente. Os investidores devem acompanhar historicamente o desempenho desse indicador para detectar variações significativas do relacionamento médio de vendas / vendas da empresa, juntamente com a comparação da relação da empresa com seus pares. Além disso, fique de olho em como o fluxo de caixa aumenta à medida que as vendas aumentam, é importante que eles se movam em uma taxa semelhante ao longo do tempo.


Fluxo de caixa livre


O fluxo de caixa livre é geralmente definido como fluxo de caixa operacional líquido menos as despesas de capital que, como mencionado anteriormente, são consideradas obrigatórias. Uma geração constante e consistente de fluxo de caixa livre é um tipo de investimento altamente favorável - portanto, procure uma empresa que mostre números de fluxo de caixa livres constantes e crescentes.


Por uma questão de conservadorismo, você pode dar um passo adiante, expandindo o que está incluído no número do fluxo de caixa livre. Por exemplo, além das despesas de capital, você também pode incluir dividendos para o valor a ser subtraído do fluxo de caixa operacional líquido para obter uma sensação mais abrangente do fluxo de caixa livre.


Por uma questão prática, se uma empresa tem um histórico de pagamentos de dividendos, ela não pode suspendê-los ou eliminá-los facilmente sem causar uma dor real aos acionistas. Mesmo reduções no pagamento de dividendos, embora menos prejudiciais, são problemáticas para muitos acionistas. Em geral, o mercado considera que os pagamentos de dividendos estão na mesma categoria que as despesas de capital - como desembolsos de caixa necessários.


O importante aqui é encontrar números estáveis. Isso mostra não apenas a capacidade da empresa de gerar fluxo de caixa, mas também sinaliza que a empresa deve poder continuar financiando suas operações.


Cobertura do fluxo de caixa livre


Você pode calcular uma taxa de fluxo de caixa livre dividindo o fluxo de caixa livre pelo fluxo de caixa operacional líquido para obter uma taxa percentual. Quanto maior a porcentagem, melhor.


O fluxo de caixa livre é um importante indicador avaliativo para os investidores. Ele reúne os indicadores positivos do caixa produzido internamente das operações de uma empresa e sujeita-o a um uso crítico de caixa - despesas de capital. Se a geração de caixa de uma empresa passa nesse teste de maneira positiva, ela está em uma posição forte para evitar empréstimos excessivos, expandir seus negócios, pagar dividendos e enfrentar tempos difíceis.


O termo "vaca leiteira", aplicado a empresas com amplo fluxo de caixa livre, não é um termo muito elegante, mas é certamente uma das qualidades de investimento mais atraentes que você pode aplicar a uma empresa com essa característica.


Concluindo


Depois de entender a importância de como o fluxo de caixa é gerado e reportado, você pode usar esses indicadores simples para realizar uma análise em seu próprio portfólio. O ponto é evitar "olhar apenas para a demonstração de resultados de uma empresa e não para a demonstração de fluxo de caixa". Essa abordagem permitirá que você descubra como uma empresa está conseguindo pagar suas obrigações e ganhar dinheiro com seus investidores.

21 visualizações
logoLeverpro.png
CADASTRE-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco